Histórico

Para que todos possam entender a importância que a PROMODANÇA tem no cenário da dança no Estado de São Paulo, sua projeção para todo país e ate mesmo fora dele, é necessário frisar cronologicamente as ações e projetos que nos diferenciaram  entre todas as outras.  Temos uma longa historia a ser contata. Agimos e interferirmos em conceitos e concepções que existiam.  Transformamos modelos, acrescentamos c conceitos, mudamos atitudes, revelamos nomes e consagramos outros, sem esquecer o primordial em nossos objetivos: disciplina, respeito e hierarquia.

A PROMODANÇA inicia seus trabalhos na cidade de São Paulo num momento em que a dança era apresentada em festivais por alunos com idade a partir de 15 anos. Era, porque a partir de março de 1989, nós mudamos este conceito, e foi onde tudo começou…

 

1989 – PRÊMIO ROMMEL & HALPE PARA A DANÇA INFANTIL

Concebido em março, mas realizado em abril, o festival era dirigido especialmente para crianças e o projeto foi apresentado a ROMMEL & HALPE, que prontamente aprovou o projeto incluindo assim o nome da empresa no titulo do mesmo.

A principio o premio foi idealizado em uma única categoria com participantes de 07 a 15 anos concorrendo somente em conjuntos. Como categoria única provocou alguns contratempos e “injustiças de comparações” causadas pela desigualdade nas idades.  A pedido dos diretores, coreógrafos e da mesa julgadora, e comprovando tais ineficiências, a Promodança, a partir do ano seguinte, já apresentava o PRÊMIO INFANTIL, agora em duas categorias distintas.

A primeira edição do PRÊMIO ROMMEL & HALPE PARA A DANÇA INFANTIL foi realizada no Teatro Dias Gomes, em São Paulo.  A aceitação de participação foi tamanha, que foi necessário realizar uma eliminatória, que teve a duração uma semana (segunda a domingo) e a final prevista para mais um fim de semana, com datas para 22 e 23 de abril. Na cerimônia de premiação, a abertura fica a cargo da WATT`S Cia de Dança.

Sendo o seu primeiro evento, a PROMODANÇA apresentou algumas características que viriam a diferencia-la das outras produtoras de dança, tais como:

-Havia certa teatralidade nas aberturas, com efeitos visuais e musica tema, o que de imediato, deixa o ambiente mais tranquilo e alegre;

-Mesmo sendo um evento competitivo, ele tinha a característica de uma grande festividade, onde a competição em si era deixada em segundo plano e a rivalidade entre os concorrentes, na sua grande maioria, era amenizadas.  Platéia e concorrentes era colocados lado a lado, e principalmente não havia distancia entre Jurados e diretores das escolas participantes.

– Para diminuir a frieza de uma “competição” criou-se o prêmio DESTAQUE DE COREOGRAFIA, ou seja, cada trabalho apresentado teria um DESTAQUE PREMIADO, onde a criança recebia um CERTIFICADO e um produto do patrocinador.

– A maneira como os trabalhos eram conduzidos, a transparência que envolvia escolas, produtora e jurados, e o cumprimento das normas que regulamentava o festival foram fatores marcantes e decisivos para o sucesso e sua continuação.

O PRÊMIO ROMMEL & HALPE PARA A DANÇA INFANTIL em seu primeiro ano, foi realizado nas cidades de São Paulo (Teatro Dias Gomes) Batatais (Teatro Municipal) e em Mogi das Cruzes, na sua fase de concurso, sendo que a entrega de prêmios ocorreu no Auditório Armando de Re na cidade de Suzano.

Estes PRÊMIOS REGIONAIS tinham uma grande final então denominada PRÊMIO MASTER PARA DANÇA INFANTIL, que em última análise, reunia os trabalhos vencedores em duas categorias: MASTER OURO (concorria somente o primeiro lugar) e MASTER PRATA (concorrentes que obtiveram da segunda a quinta colocação). Aos grupos vencedores era concedida a ESTRELA MASTER. A partir daí esses grupos iriam assumir uma serie de compromissos junto a PROMODANÇA, entre eles a abertura de festivais regionais, na qualidade de grupo vencedor do MASTER INFANTIL.

O sucesso e a repercussão do Prêmio Rommel & Halpe infantil foi tão intensa que surpreendeu a todos nós, organização e patrocinador, onde recebíamos convites de varias partes do Estado de São Paulo, e também fora dele, para levarmos a realização do evento.

Como base dos resultados e aprendizados na realização do PREMIO ROMMEL & HALPE PARA A DANÇA INFANTIL, a PROMODANÇA apresenta ainda no ano de 1989 mais duas novidades para a dança no Estado de São Paulo: o BABY ENCONTRA A DANÇA… PRIMEIROS PASSOS (dedicado exclusivamente a categoria Baby Class) e o   FESTIVAL ROMMEL & HALPE PARA SOLOS, PAS-DE-DEUX e DUOS, festival este que dá origem ao TITULO DE PRIMEIROS BAILARINOS PROMODANÇA, projetando a Promodança para todo o país.